Vamos Conversar?

 

Em 2016 passamos por um momento bastante complicado como empresa, foram dias e dias muito difíceis, dias sem conseguir dormir, dias de um futuro incerto e sem perspectiva de melhora. Dias de descobertas ruins, de muita dor de cabeça, de abrir mão de muita coisa, de colocar o orgulho e o ego de lado. Dias de choro, sim a gente chorou muito também.

 

 

Mas, acredite, isso tudo nos fez muito bem!

 

Passar por tudo isso nos fez repensar e refletir sobre muitas coisas, nunca falamos muito abertamente sobre isso, mas vamos pontuar aqui algumas coisas que aprendemos:

 

Você sempre pode reinventar-se

 

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3:1).

Foi a hora de rever os processos, as ferramentas, os gastos, os fornecedores, os fluxos de informação, de caixa, de como captar clientes, como fidelizá-los, como atendê-los. Não havia melhor hora para isso e tinha que ser pra ontem.

 

 

Trabalhe com as pessoas certas

 

“Cultive todas as pessoas, as certas irão brotar” (Aloísio de Paula).
 
Não há carinho e nem agradecimento que pague você trabalhar com pessoas que entendem que estamos todos ali por um mesmo ideal: ganhar dinheiro kkkkk.

Brincadeiras à parte, nada como trabalhar com uma equipe unida, de gente que te olha nos olhos e acredita em você e naquilo que você diz ou propõe. Gente que quer caminhar com você e não andar por cima de você. Gente de verdade. Sem fachadas, sem engano. Durante esse período só temos a agradecer em quem confiou e confia na gente.

 

 

 

Família e amigos são tudo que você precisa

 

“Eles tornam as risadas mais altas, as conversas mais gostosas e a vida mais feliz”.

É como ter sempre pra onde voltar. Não importa o que tenha acontecido, eles estão sempre lá. Tem horas que é simplesmente tudo o que temos e você percebe que não conseguiria sem eles.

 

 

 

Um pé atrás nunca é demais

“Uns falam bonito, outros são sinceros” (Caio F. Abreu).

No mundo corporativo desconfie sempre. Tem muita gente oportunista, gente que se aproveita de determinadas situações para crescer, para vender, para ganhar em cima do desespero e despreparo alheio. Fique atento! Pesquise, investigue e procure referências sobre aquilo que está sendo proposto e falado.

 

 

 

 

Mantenha a calma, vai passar

 

Permita-se fazer reflexões sobre onde errou, mas passe mais tempo ainda planejando o que vai fazer para que isso não aconteça mais. Tenha paciência. Desesperar-se não vai levar a lugar algum. Nada como um dia após o outro, mas mantenha o foco adiante, arregace as mangas e vá em frente, você consegue.

 

 

Por fim, suas atitudes vão determinar seus resultados. Depende única e exclusivamente de você, não depende de mais ninguém. É você e você. As outras coisas ou pessoas são essenciais, mas quem levanta da cama e decide começar o dia, é você.

 

Boa Sorte.

 

 

Nunca precisei de muitas pistas pra saber que eu não nasci uma pessoa naturalmente organizada. Mas isso não significa que eu vá ser, ou deva ser, uma pessoa desorganizada para toda a vida. Significa que eu apanho MUITO, cada vez que tento inventar um modo de me organizar melhor.

 

Desde a infância a desorganização se mostrou uma grande companheira. Ao longo da adolescência descobri que tenho um leve grau de déficit de atenção, tudo pra ajudar a manter a minha desorganização genuína.

 

Tomei diversas surras da nossa amiga disciplina e então comecei a pesquisar alguns métodos para conseguir ser mais organizada. Li e testei VÁRIOS métodos e depois, com certo conhecimento, acabei criando alguns próprios.

 

Nem tudo que eu li funcionou para mim, mas de alguma forma tudo que pesquisei me ajudou. Portanto falarei hoje dos métodos que mais deram certo para mim, ou que não deram certo mas eu achei bom hahaha.

 

Vão aí algumas dicas!

 

Mapa Mental: Os Mapas Mentais são uma forma de aprendizagem, eles te ajudam a raciocinar sobre aquilo que você está estudando, ou no projeto que está trabalhando. São uma ótima ferramenta para você organizar seus pensamentos. Existem diversos aplicativos gratuitos que te ajudam nessa tarefa, como por exemplo o Free Mind e alguns outros. Eu não me encaixei no método mas conheço muita gente que organiza tudo com eles e adora.

 

 

Bloco de notas: Atualmente eu uso o do IPhone porque é bem completo, anoto livros que quero ler, filmes que quero ver, senhas, dívidas, compromissos, tudo! Mas antes dele eu usava o Evernote. Você pode utilizá-lo no computador ou no celular, ele é um aplicativo de gerenciamento de informação, ideias e de produtividade. Tem diversas funções, seja para anotar uma ideia ou organizar tarefas, permite que você salve uma nota, uma imagem, crie uma lista ou um lembrete. Isso tudo de maneira muito fácil! Vale muito a pena conhecer e fuçar para descobrir todas suas funções.

 

Planilhas de Excel: As famosas queridinhas do pessoal organizado hahaha. Recentemente eu criei uma “tabela farol”. Tem todos os dias do mês e todos os clientes que eu preciso acompanhar em três status de cores diferentes: vermelho = falta fazer, amarelo = em produção, verde = ok. Eu a checo todos os dias, a todo instante, mudando o status das tarefas conforme vão sendo executadas (uso exclusivamente na ABID).
 

Antes desta tentei diversas outras tabelas, inclusive de grupos de Social Media ou feitas por alguém aqui da ABID, e percebi que tabelas do Excel só funcionam quando criadas por nós mesmos, para atender especialmente as nossas necessidades. De qualquer forma, aconselho a procurar modelos na internet até achar algum com que você se encaixe e consiga personaliza-lo. Elas devem ser simples e objetivas e podem te ajudar muito no controle diário das suas atividades.

 

Bullet Journal: é maravilhoso! Infelizmente minhas tentativas de criar um digno foram frustradas, mas me desafiei a conseguir criar um a partir do segundo semestre desse ano. Ele foi criado por um designer que sentiu a necessidade de usar papel para montar seus planejamentos, registrar ideias e coisas a fazer. É um método bem pessoal e estável, acho que irão entender melhor se derem uma olhada no site www.bulletjournal.com (além do mais fica tão lindinho).

 

 

GTD: Nunca utilizei, mas em todas minhas pesquisas ele apareceu e foi fortemente indicado como uma maneira simples de se organizar. É chamado de “GTD para organização pessoal”, criado pelo consultor em produtividade David Allen. Este método se baseia em colocar no papel todas as suas tarefas para que você possa ficar com a mente livre para executá-las sem estresse. Parece ser bem simples e eficaz, aconselho a darem uma olhada também, mas eu ainda fico com o Bullet Journal <3

 

Percebi que preciso de várias ferramentas para ser alguém mais organizado, e criei o HÁBITO de checar tudo, todos os dias para não me perder. Uso alarme de celular, bloco de notas, planilhas e diariamente colo post its no meu computador e escrevo bilhetes na palma da minha mão para não deixar nada passar hahaha.

 

Foram maneiras que eu encontrei para ser uma pessoa mais produtiva, focada e conseguir ser mais disciplinada, e isso tem melhorado mais e mais, gradativamente. Estou ficando feliz com os resultados. Mas ainda dá para melhorar… e muito!

 

Se você também é desses que nunca sabe onde deixou a chave de casa, ou leva esporro porque vive esquecendo compromissos importantes, siga essas dicas, e deixe seu comentário 🙂

 

Fazer o que ama? Trabalhar em algo que realmente goste? Ou algo diferente, inovador?

 

Segundo o dicionário Aurélio, Inspiração é:

 

1 – Ideia ou pensamento que surge de repente; ou ESTRO, entusiasmo artístico, riqueza de criação, gênio criador.
2 – Insinuação, conselho.
3 – Coisa inspirada.
4 – Infusão da vontade divina na consciência humana.
5 – Pausa de um quarto de compasso.

 

Se analisarmos, vamos perceber que muitos de nós somos motivados por algo que realmente gostamos, certo? Eu, enquanto designer gráfico, gosto muito de escutar músicas para fazer os Jobs, pois a música me traz lembranças e sensações que me ajudam no processo de criação.

 

Creio que é uma ferramenta capaz de despertar o nosso lado criativo e explorar o desconhecido e inimaginável que existe dentro de nós, trazendo diversas e incríveis possibilidades para criar algo surpreendente.

 

Para a criação de uma música, você precisa utilizar as notas certas, ter o tempo certo de cada batida e conseguir juntar tudo em um processo de criação da melodia agradável aos ouvidos, fazendo com que as pessoas sintam algo extraordinário ao escutar tal música. E como baterista, eu sei bem como funciona esse processo trabalhoso e gratificante.

 

E com a arte não é diferente, precisamos escolher a cor certa, a fonte, a melhor disposição, entre outros fatores, que irão melhorar visualmente a arte, dando à ela identidade própria, na qual as pessoas não vejam simplesmente uma imagem, mas percebam uma ideia concretizada e com significado claro e belo.

 

Sem inspiração não há motivação. Sem inspiração não há criação e nem vida.

 

Inspirar-se é dar vida às suas ideias!

 

Significado de Inspiração Por Elder (RN) em 15-03-2014

 

“Na teologia é a infusão de ideias, conceitos e revelações futuristas na consciência, ou entendimento humano. Pode ser também a influencia direta ou indireta de alguém ou algo na criatividade do artista, escritor, arquiteto… Um estado mental, ou da alma, caracterizado por uma sensibilidade de sentimentos, elevação intelectual, e agudeza do entendimento.”

 

Vídeo “O menino e o mundo”. Inspiração musical e imagem trazendo vida às ideias!