Você já imaginou como seria a vida sem enxergar todas as cores? Assim é o mundo das pessoas que possuem daltonismo. Uma anomalia também conhecida como discromatopsia ou cegueira parcial das cores, é um distúrbio visual caracterizado pela incapacidade de percepção e distinção das cores primárias (como vermelho e verde), além do azul e amarelo.

Continue lendo

Nos dias de hoje, é difícil entender como o papel do design na construção de uma marca é colocado em questionamento por alguns gestores.Ter um bom produto ou um serviço de atendimento superior já não são suficientes para se destacar. A tecnologia reduziu as barreiras e com isso, provocou uma nova era de competição.

 

A cada dia, fica mais difícil de inovar ou ser pioneiro. Por mais que você consiga ter uma boa ideia, logo a concorrência aparece com algo similar, ou até mesmo melhor. Por exemplo, é difícil reconhecer utilidades exclusivas entre duas canetas, sapatos, celulares ou fogões por exemplo. São produtos que geralmente se diferenciam pelo preço, pelo visual ou pela embalagem. E é nesse ponto que entra o DESIGN.

 

Detalhes como a usabilidade e a experiência do usuário ao navegar em um e-commerce fazem com que ele se sinta seguro em finalizar uma compra. Ou então, na hora de escolher entre dois tênis para academia com valores similares, é bem provável que o fator decisivo seja a cor, o formato ou o desenho da sola.

 

O design agrega valores reais ao seu produto, como praticidade, conforto, qualidade, estética, durabilidade ou segurança. Ao transformar esses conceitos em algo visual e palpáveis, podemos mudar o posicionamento de uma marca na mente do consumidor.

 

O design pode influenciar em todos os processos da sua empresa, desde a concepção de um produto até a sua apresentação no mercado. A embalagem, o logo, a arquitetura do escritório, as cores das paredes, todos esses detalhes são fundamentais para transmitir os valores e conceitos da sua marca.

 

Aumente suas vendas

Segundo uma reportagem do UOL (https://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2013/11/25/troca-de-embalagem-eleva-em-ate-257-as-vendas-lembre-mudanca-de-produtos.htm), uma empresa conseguiu aumentar suas vendas em até 257%, mudando apenas sua marca e as embalagens de seus produtos.

 

Um levantamento da Confederação Nacional das Indústrias – CNI (http://www.portaldaindustria.com.br/cni/) mostrou que 75% das empresas que investiram em design, tiveram um aumentos expressivos em suas vendas e que 41% delas dessas empresas conseguiram até mesmo uma redução de custos.

 

O Design influencia no seu ROI

De acordo com John Maeda, a solução é tornar-se uma empresa que valoriza o design.

“As principais empresas valorizam o design. As outras que não estão dispostas a investir em design, porque acham que ele não pode ser medido ou vinculados ao ROI, ficarão atrasadas. A maneira de fazer negócio como de costume já não é suficiente. As indústrias maduras que se concentraram em mais, melhor e mais rápido agora precisam ajustar seus pensamentos para incluir o design como um diferenciador de valor chave.”

 

A embalagem altera a percepção do seu produto

Você já percebeu o quanto os chefs se esforçam para fazer uma boa apresentação de seus pratos? Por quê? Isso pode ser respondido com aquela antiga frase: “A gente come com os olhos”.

 

No livro, Blink, Malcolm Gladwell determinou que pequenas mudanças em algumas embalagens mudaram a forma como as pessoas reagiram e provaram os produtos. Veja esse exemplo bem curioso. Ao adicionar 15% a mais de amarelo no verde na embalagem do refrigerante 7 UP, fez com que as pessoas relatassem mais sabor de limão, mesmo sem ter feito nenhuma mudança em sua fórmula.

 

Cause uma boa primeira impressão

No corredor de um supermercado, em uma loja on-line ou folheando uma revista, você encontra centenas e milhares de marcas e produtos, todos competindo para chamar a sua atenção e convencê-lo a comprar o que estão vendendo. Qual é a melhor maneira de fazer uma boa primeira impressão? Isso mesmo, o bom e velho design.

 

Estudos demonstraram que o apelo visual pode ser avaliado em cerca de 50 milissegundos.

Pense no design como um aperto de mão entre duas pessoas. Se olham nos olhos, dizem “Olá”, apertam firme… Podemos tomar decisões instantâneas e impressões sobre outras pessoas neste pequeno espaço de tempo. Isto é exatamente o que o design tenta fazer.

 

Saber quais as principais informações você deseja comunicar ao seu consumidor quando colocam os olhos no seu produto ou no seu site parece uma tarefa pesada, mas é definitivamente possível com um bom planejamento e profissionalismo no processo do design.

 

Nunca mais diga “É difícil de explicar” em uma reunião de vendas

Para as empresas que falam de conceitos, idéias, números e dados, explicar o que você quer dizer pode ser complicado, e trabalhar um pouco de design em sua apresentação pode ajudar o seu cliente a visualizar tudo de forma lógica e visual.

 

As pessoas entendem muito melhor os conceitos quando são visuais. Então, por mais que você entenda o conceito que você está discutindo, é sempre bem vindo o auxílio visual. Então, em vez de dizer “Bem, deixe-me explicar …”, considere trabalhar seu design e em vez disso, diga “Olhe isso!”. Além de economizar tempo, você melhora sua aparência profissional.

 

Design é uma ótima decisão para seus negócios!

O bom design oferece uma vantagem competitiva, impulsiona os resultados de marketing e permite que você se destaque. Se você está interessado em encontrar maneiras fáceis de implementar o design em seu local de trabalho, entre em contato com a gente.

 

Design é um investimento e não um gasto! Leia outras matéria sobre design. =)

Se você pesquisar sobre a origem do dia dos namorados verá que, principalmente no hemisfério norte, se refere a uma data comemorativa em homenagem a São Valentim, um bispo que foi condenado a morte após lutar contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras, acreditando que os solteiros eram melhores combatentes. O dia da comemoração é 14 de fevereiro, data da morte do bispo.

 

Mas então, de onde surgiu a comemoração no dia 12 de Junho?

 

O dia de São Valentim não pegou aqui no Brasil. Não se sabe ao certo como o dia 12 de junho foi consolidado como o Dia dos Namorados, mas temos algumas evidências de como essa data “migrou’’ para o mês de junho.

 

Algumas fontes indicam que a data foi criada por João Dória (papai do nosso atual prefeito de São Paulo). Dória era um publicitário que comandava a agência Standart Propaganda, incumbida de aquecer as vendas da rede de lojas Exposição Clipper (hoje extinta) durante o mês de junho, um período de vendas muito fraco.

 

Para isso, Dória supostamente criou, em 1948, uma nova data para celebração do Dia dos Namorados. O comércio de São Paulo então deslocou a comemoração norte-americana de fevereiro para a véspera do Dia de Santo Antonio, dia 13 de junho, conhecido como o Santo Casamenteiro.

 

A campanha da Standart, adotou os slogans “Não é só com beijos que se prova o amor!” e “Não se esqueçam: amor com amor se paga” e foi julgada a melhor do ano pela Associação Paulista de Propaganda.

 

A data demorou algum tempo para se firmar. No ano seguinte, a Sears, a Marcel Modas e a Casa Aloe aderiram à campanha, mas sem bons resultados. Porém, em 1951 a propaganda cresceu de forma consistente, ganhou São Paulo e conforme o passar dos anos, todo o Brasil, assumindo a posição de comemoração tradicional em todo o país.

 

A verdade sobre o Dia dos Namorados é que a data criada foi pelo comércio paulista, com o objetivo de incentivar a troca de presentes entre os casais. Uma revelação nada romântica para esse dia dos namorados, rs.

 

Entretanto, não é por isso que vamos deixar de celebrar esse dia com nossos parceiros e demonstrar todo nosso amor, com ou sem comemoração especial.

 

E verdade seja dita: a sacada do cara foi genial! Além do mais, todo mundo gosta de um motivo pra ganhar um presentinho 😉

 

Feliz Dia dos Namorados, rapaziada!

 

Você já parou para pensar no quanto o processo de comunicação é importante no seu dia a dia, e principalmente, para o bom funcionamento dos seus negócios?

 

A comunicação sempre foi fundamental, desde a Pré-História. Quando os homens passaram a viver em sociedade, sentiram a necessidade de desenvolver uma forma eficaz de se comunicar e serem compreendidos, seja através de gestos, sons ou desenhos. Ainda hoje, depois de tantas mudanças na sociedade, saber se comunicar tornou-se essencial.

 

 

É imprescindível para a construção de bons relacionamentos, pois quem não se comunica de forma eficaz, acaba ficando de fora de alguns círculos sociais.

 

Até as empresas podem conversar com seu público por meio de diferentes ferramentas como Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat, entre tantas outras. Mas não é tão simples como parece, as vezes é recomendado o auxílio de profissionais de comunicação ou de agências especializadas nesses serviços.
Pensando nisso, preparamos algumas dicas importantes para te ajudar no bom relacionamento entre sua empresa e seu público.

 

– Assessoria de Imprensa: É a ponte entre a empresa e os veículos de comunicação. Com isso, é possível conquistar visibilidade positiva e de confiança junto à sociedade, fortalecendo a imagem da empresa e a tornando referência no mercado.

 

– Comunicação interna: O nome já é autoexplicativo. É por meio dela que circulam as informações, comunicados em uma companhia, garantindo que seus colaboradores estejam informados e alinhados com o que é divulgado em seu local de trabalho. Melhora o clima organizacional, ajuda a motivar os colaboradores, que passam a confiar mais na empresa, além de reduzir os custos e aumentar a rentabilidade dos trabalhos.

 

Mídias sociais: Empresas conectadas e engajadas com o mundo online tendem a possuir melhor relacionamento com clientes e fornecedores, transmitem melhor sua imagem e demonstram preocupação com a opinião de seu público.

 

É importante que a empresa encare a comunicação como uma aliada para seus negócios, pois o bom relacionamento com seu público, interno e externo, assegura o reconhecimento perante a sociedade. Valoriza sua imagem e fortalece sua reputação.

 

Ter uma comunicação empresarial feita de forma profissional é o caminho certo para o sucesso dos negócios!

 


Ficou interessado sobre o assunto? Fale com a gente! Tenho certeza que podemos te ajudar.

Vamos Conversar?

 

Em 2016 passamos por um momento bastante complicado como empresa, foram dias e dias muito difíceis, dias sem conseguir dormir, dias de um futuro incerto e sem perspectiva de melhora. Dias de descobertas ruins, de muita dor de cabeça, de abrir mão de muita coisa, de colocar o orgulho e o ego de lado. Dias de choro, sim a gente chorou muito também.

 

 

Mas, acredite, isso tudo nos fez muito bem!

 

Passar por tudo isso nos fez repensar e refletir sobre muitas coisas, nunca falamos muito abertamente sobre isso, mas vamos pontuar aqui algumas coisas que aprendemos:

 

Você sempre pode reinventar-se

 

“Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.” (Eclesiastes 3:1).

Foi a hora de rever os processos, as ferramentas, os gastos, os fornecedores, os fluxos de informação, de caixa, de como captar clientes, como fidelizá-los, como atendê-los. Não havia melhor hora para isso e tinha que ser pra ontem.

 

 

Trabalhe com as pessoas certas

 

“Cultive todas as pessoas, as certas irão brotar” (Aloísio de Paula).
 
Não há carinho e nem agradecimento que pague você trabalhar com pessoas que entendem que estamos todos ali por um mesmo ideal: ganhar dinheiro kkkkk.

Brincadeiras à parte, nada como trabalhar com uma equipe unida, de gente que te olha nos olhos e acredita em você e naquilo que você diz ou propõe. Gente que quer caminhar com você e não andar por cima de você. Gente de verdade. Sem fachadas, sem engano. Durante esse período só temos a agradecer em quem confiou e confia na gente.

 

 

 

Família e amigos são tudo que você precisa

 

“Eles tornam as risadas mais altas, as conversas mais gostosas e a vida mais feliz”.

É como ter sempre pra onde voltar. Não importa o que tenha acontecido, eles estão sempre lá. Tem horas que é simplesmente tudo o que temos e você percebe que não conseguiria sem eles.

 

 

 

Um pé atrás nunca é demais

“Uns falam bonito, outros são sinceros” (Caio F. Abreu).

No mundo corporativo desconfie sempre. Tem muita gente oportunista, gente que se aproveita de determinadas situações para crescer, para vender, para ganhar em cima do desespero e despreparo alheio. Fique atento! Pesquise, investigue e procure referências sobre aquilo que está sendo proposto e falado.

 

 

 

 

Mantenha a calma, vai passar

 

Permita-se fazer reflexões sobre onde errou, mas passe mais tempo ainda planejando o que vai fazer para que isso não aconteça mais. Tenha paciência. Desesperar-se não vai levar a lugar algum. Nada como um dia após o outro, mas mantenha o foco adiante, arregace as mangas e vá em frente, você consegue.

 

 

Por fim, suas atitudes vão determinar seus resultados. Depende única e exclusivamente de você, não depende de mais ninguém. É você e você. As outras coisas ou pessoas são essenciais, mas quem levanta da cama e decide começar o dia, é você.

 

Boa Sorte.

 

 

  • 1
  • 2
  • 8